19.1.18

MOMENTO MUSICAL TIPO OBRIGATÓRIO

FUCK YEAH, CANADÁ!







(sex & violence, seriado de tv)
 

PAUSA PARA OS NOSSOS ANÚNCIOS


Nos últimos meses, eu e o Anselmo estávamos colecionando os copos ''Rock in Rio'' do Habib's, ainda faltam dois. Mas hoje nos deparamos com uma nova coleção. São sete copos que trazem posters dos clássicos filmes de terror da Universal. Pegamos o ''Monstro da lagoa negra'' (1954) e ''O lobisomem'' (1941). Os outros são ''Drácula'', ''Frankenstein'', ''A múmia'', ''O homem invisível'' e ... ainda não descobri qual é o último filme (''O fantasma da ópera'', talvez). Semana que vem a gente pega mais dois copos 🎬.
 

em cartaz - ME CHAME PELO SEU NOME



Ah, eu acertei, o filme é melhor que o livro. As melhores partes do livro estão no filme, até os melhores diálogos. O livro é narrado pelo garoto, no filme a gente não sabe o que passa pela cabeça dele. E isso é ótimo. No livro o protagonista chega a ser bem irritante, no filme os personagens são bem mais carismáticos. Eu gostei das alterações e as novidades foram bem vindas. O autor do livro não costuma descrever os lugares e raramente menciona a passagem do tempo, isso é um saco. O filme nos mostra a velha Itália e tem uma narrativa melhor, sem pressa. Fez bonito.




 You can't touch this. Stop, Hammer time!


Elio se apaixona por Oliver, se declara e vive um romance de verão. Tá tudo bonitinho. Mas muitos de nós estão interessados na cena de sexo (não minta!). Você sabe, aquela cena incrível que faz os heteroatores dizerem ''foi a coisa mais difícil da minha carreira''. RÁ. Eu me lembrei de um episódio clássico de ''Will & Grace'': os caras deitam na cama e a câmera se move até a janela, ponto, a gente não vê nada. Mas tudo bem, o filme é romântico, vale uma espiada, e o final é diferente do livro (que venha uma parte 2). Será que é o novo ''Brokeback mountain''? (você já está de saco cheio disso?), bem, ainda falta passar pelo Oscar. E eu não acho que o filme tem cheiro de Oscar ...


FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: call me by your name
ANO: 2017
PAÍSES: itália, frança, brasil, eua
DURAÇÃO: 2h 12min
DIRETOR: Luca Guadagnino
ELENCO: Armie Hammer, Timothée Chalamet, Michael Stuhlgard e Amira Casar
ESTREIA BR: 18 de janeiro de 2018




18.1.18

POR ONDE ANDA ESSE FILME?


Filme de 1996, feito para a tv, dividido em dois episódios. Descobri que ele tá no tubo, na íntegra mas dublado. Quem conseguiu se lembrar de TITANIC quando ''Titanic'' estreou em 1997? É um filme para a tv, não tem aqueles efeitos especiais mirabolantes do filme de James Cameron. Também não foi feita tanta pesquisa histórica sobre coisas do tipo ''em que horário cada pedaço do navio afundou'' e coisa e tal. O filme de 1996 colocou a história por cima da História, tem vários personagens principais, como uma novela.
Mas tem sim, um carinha pobre que entra no navio, usando uma passagem roubada, e que se apaixona por uma mocinha. O vilão Tim Curry vai tentar capturar o garoto. Catherine Zeta-Jones também está no elenco.
E olha que existe vida pós Titanic by James Cameron. Em 2012 surgiram outras duas mini séries para a tv: ''Titanic'' e ''Titanic, blood and steel''.
 

DÊ UMA CHANCE PARA ...


MERYL STREEP EM 5 PAPÉIS ENGRAÇADOS


FLORENCE, QUEM É ESSA MULHER? (2016)
Filme baseado na história da ''cantora'' Florence Foster Jenkins. A pobre mulher vive doente, o maridão Hugh Grant faz de tudo para mantê-la feliz. Ninguém tem coragem de dizer pra ela que ela canta muito mal, é hilário. E ela ainda quer se apresentar no Carnegie Hall.
Indicada para o Oscar? Sim


RICKI AND THE FLASH (2015)
Meryl abandonou a família para se tornar uma estrela do rock. Mas é obrigada a voltar para casa, a pedido do marido, para dar uma força para sua filha, que está passando por um divórcio.
Indicada para o Oscar? Não


JULIE & JULIA (2009)
Baseado numa história real. Amy Adams decide fazer, em 365 dias, cada uma das receitas do livro de Julia Child e vai documentar essa odisseia em seu blog. Em flashbacks, acompanhamos a carreira de Julia (Meryl), alta, máscula e esquisita.
Indicada para o Oscar? Sim


ELA É O DIABO (1989)
Mary Fisher é uma escritora de sucesso, ela tem tudo. Mas se dá mal quando rouba o marido de uma vingativa mulher. Classicão da sessão da tarde, por onde anda esse filme?
Indicada para o Oscar? Não, mas conseguiu uma indicação para o Globo de Ouro.


A MORTE LHE CAI BEM (1992)
É claro que você já deu uma chance para esse filmão dos anos 1990 (assim como já viu ''o diabo veste Prada'' e ''Mamma mia!"), eu só não queria deixá-lo de fora. Com efeitos especiais revolucionários (vencedores do Oscar), vemos Meryl virando seu pescoço em todas as direções (im)possíveis e sua personagem é muito engraçada.
Indicada para o Oscar? Não, mas passou pelo Globo de Ouro.
 

trailer - QUEER EYE

16.1.18

PRIMEIRA IMPRESSÃO

Paul Rudd e Evangeline Lilly em ''Homem Formiga e Vespa''
(5 de julho)
 

trailer - LOVE, SIMON