19.7.17

trailer - PROFESSOR MARSTON & THE WONDER WOMEN

DÊ UMA CHANCE PARA ...


Filme de terror escrito e dirigido por uma mulher, não se vê isso todo dia. E também se trata de um ótimo filme de terror. Não é para menos, no DNA de O BABADOOK (2014) encontramos ''Poltergeist'' (1982), ''O iluminado'' (1980) e ''O exorcista'' (1973). 

Filme australiano que fez muito sucesso em festivais de cinema por aí. Não veio pro Brasil e nem ganhou dvd br, você só vai encontrá-lo na Netflix (é típico, coisa boa nunca vem pra cá).




Na trama, uma viúva vive sozinha com seu filho de seis anos. O pivete é uma peste, muito irritante, tem tendências homicidas e gosta de brincar com armas, parece que a gente tá vendo a infância de Norman Bates. A paciência de sua mãe está por um fio, o garoto não se dá bem com outras crianças e ele vive com medo de monstros imaginários. Numa noite, antes de dormir, o menino pede que a mãe leia um livro, ''O senhor Babadook''. Ela acha isso estranho, pois nunca viu esse livro na casa. O livro tem um conteúdo assustador, ela para de ler, mas o menino pegou medo do monstro Babadook rapidinho.
Aí ele começa a enxergar o Babadook em todo canto. Para nós, parece que o garoto está enlouquecendo. Sua mãe não consegue mais dormir e a falta de sono está mexendo com sua mente. Mas afinal, o Babadook é real ou não? O clima do filme fica pesadão quando a mulher, misteriosamente, recebe outra versão do livro, ainda mais perturbadora.
O Babadook já virou cult. Este ano, por alguma razão, ele se tornou um ícone gay no mês do orgulho. Mas seu reinado durou pouco porque os norte americanos descobriram a nossa Cuca.
 

18.7.17

RUSSELL TOVEY, LIDE COM ISSO


DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


Às vezes é difícil acreditar que SATURNO 3 (''missão Saturno 3'' em dvd br) foi lançado em 1980. Tirando os efeitos especiais pós ''Guerra nas estrelas'' (ou, star wars, se preferir), o filme parece ter sido trazido dos anos 1960. Ele até tenta dar uma de ''Alien'', é um filme ambicioso, tem Kirk Douglas e Farrah Fawcett no elenco como atrativos. É um filme apelativo, tem um conteúdo sexual desnecessário, Farrah, com 32 anos, tira a roupa. Mas o Kirk Douglas, com 62, também faz isso, e não é uma bela visão. 
O filme foi um fracasso. Conseguiu 3 indicações no Framboesa de ouro (pior filme, pior ator, pior atriz). Não se pode reclamar da parte técnica, cenários enormes e caros, só o robô assassino custou mais de um milhão de dólares, porém, a trama é de doer.
Douglas e Fawcett vivem numa lua de Saturno (é raro ver um filme em Saturno), no subterrâneo, onde fazem pesquisas sobre alimentos que podem salvar a raça humana (muita gente na Terra está morrendo de fome). Aí eles recebem a visita de um cara (Harvey Keitel, por alguma razão ele foi dublado) que diz que veio para ajudar, mas ele é um sociopata. Ele cria um robô inteligente do mal colocando todo mundo em perigo.
Não é um futuro bonito (como eu disse, a trama parece ter saído dos anos 1960), se um homem quiser ''usar'' uma mulher, ele pode usar; se ela disser não, ela pode ser presa por ''crime anti social''. É estranho ver a Farrah Fawcett saindo do seriado das Panteras e caindo de cabeça num papel feminino tão medíocre. Ela é a mocinha indefesa que está lá só para mostrar os seios ...  









PERDIDOS NA TRADUÇÃO


Eu não consigo assistir RuPaul Drag Race no Comedy Central. O seriado está dublado e não tem uma opção para o áudio original. E você sabe como é a dublagem br, se o personagem é glbtt (...) ele ganha uma voz toda especial. Sim, claro, porque todos os gays falam de um modo super afetado. Pergunta pro diretor de dublagem, ele é hétero mas entende do assunto. Tenho até medo de ver ''Will & Grace'' dublado por aí.
Em Portugal, Drag Race é exibido com legendas. Mas olha só o que aconteceu quando RuPaul disse ''Sashay away''.

 


17.7.17

STAR WARS VIII GANHOU UM BELO VÍDEO DOS BASTIDORES

É RAPIDINHO


DOCTOR WHO

PELA PRIMEIRA VEZ
EM 54 ANOS
O SERIADO TERÁ UMA MULHER COMO
PROTAGONISTA


RIP

ADEUS MARTIN LANDAU


REMAKE

SYLVESTER STALLONE 
NÃO VAI APARECER NA VERSÃO
INDIANA DE
RAMBO


ABAIXO ASSINADO

FÃS BRASILEIROS QUEREM
MUDAR O TÍTULO BR DE
''JURASSIC WORLD, O REINO ESTÁ AMEAÇADO''


PANTERA NEGRA

O VILÃO DO FILME
NÃO PODERÁ USAR O NOME
HOMEM-GORILA 
COMO NAS HQs

O ESTÚDIO QUER EVITAR QUE O
FILME SEJA CHAMADO DE RACISTA


VINGADORES GUERRA INFINITA

AS FILMAGENS JÁ 
 TERMINARAM 


DETONA RALPH 2

O FILME VAI TER CONVIDADOS ESPECIAIS

JASMINE
MULAN 
POCAHONTAS
ARIEL
MOANA
TIANA 
MERIDA
RAPUNZEL
ANNA E ELSA 

 E 
STAN LEE

HUM
ELES NÃO HAVIAM PROMETIDO
O SUPER MÁRIO?


ALADDIN

A DISNEY TEVE PROBLEMAS COM O ELENCO
MAS AGORA JÁ ENCONTROU SEU 
ALADDIN
(MENA MASSOUD)
E SUA 
JASMINE
(NAOMI SCOTT)

WILL SMITH
VAI FAZER A VOZ DO GÊNIO


NOVO PREDADOR

O FILME NÃO VAI SER UM 
REMAKE 
E NEM UMA
SEQUÊNCIA

ENTÃO ...


 MAIS LIVE ACTION

HUGH JACKMAN
NÃO VAI FAZER A VOZ DO SCAR EM
''O REI LEÃO'' 

FOI APENAS UM BOATO


MAIS LIVE ACTION

EM
''DUMBO''
TIM BURTON
VAI DIRIGIR
COLIN FARRELL
DANNY DEVITO
EVA GREEN
 E MICHAEL KEATON


MAIS LIVE ACTION

A SONY QUER
ADAPTAR
ROBOTECH

FUCK YEAH, ANTONIO BANDERAS!






BASTIDORES

O HOMEM ARANHA TOM HOLLAND EM 
''VINGADORES GUERRA INFINITA''

 
TYE SHERIDAN EM 
''X-MEN FÊNIX NEGRA''

 
A LIGA DA JUSTIÇA DE PRONTIDÃO
 

GALERIA DO TERROR


Postagem dedicada ao diretor George A. Romero, o pai dos filmes de zumbis, que faleceu ontem aos 77 anos. Os filmes de Romero não eram apenas filmes de zumbis, ele investia bastante nos personagens ''vivos'', com críticas sociais, haviam temas como o racismo na América, o consumismo desenfreado, lutas entre classes sociais ... estamos no meio de uma epidemia zumbi, um mundo sem regras, e os vivos acabam revelando seu pior lado. Se tornam os verdadeiros vilões. Enquanto isso, os zumbis começam a evoluir, ficam inteligentes, e se preparam para conquistar o mundo.
Romero lançava um filme de zumbis a cada dez anos mais ou menos. Aqui, eu vou falar apenas do primeirão, o clássico A NOITE DOS MORTOS VIVOS, de 1968. Filme de baixo custo, em preto e branco, que trouxe muitas novidades. Zumbis que curtem carne humana, zumbis que andam por aí se arrastando (o zombie walk), e mordidas contagiosas. É uma epidemia zumbi pelo ponto de vista de pessoas comuns, ninguém tem certeza de como tudo começou, na tv um cara fala sobre uma sonda que voltou de Vênus com algum tipo de bactéria, mudando de canal um padre culpa os homossexuais e mães solteiras e por aí vai. Dizem que o inferno está com lotação máxima, por isso os mortos agora caminham pela Terra.
Aos poucos, o filme vai revelando um protagonista negro, a moça branca tá assustada demais e fica catatônica num canto enquanto o rapaz tenta proteger a casa onde eles estão refugiados. Ele é o herói da história, mas seu fim é trágico, o filme não deixa claro se o cara foi vítima de racismo, pode ter sido apenas um engano. Por outro lado, não tem como não enxergar no filme um certo simbolismo da luta racial dos anos 1960. 
Em 1990 pintou um remake (Romero foi apenas o produtor executivo) em cores, com uma personagem feminina mais forte. O herói negro está lá, apenas marcando ponto, outra década outros costumes.